---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


SAÚDE BUCAL TEM ATENÇÃO ESPECIAL DA ADMINISTRAÇÃO DE ÁGUAS DE CHAPECÓ.

Publicado em 06/09/2018 às 09:55 - Atualizado em 06/09/2018 às 09:56

A manutenção da saúde bucal é muito importante para o bom funcionamento do corpo como um todo. A boca desempenha diversas funções como a fala, a mastigação e a respiração,na qual repercutem em todo o organismo. Além disso, é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente, tornando-se a porta de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde.

De acordo com Aline Predebon dentista da Unidade Básica de Saúde (UBS), é importante manter os cuidados básicos com a cavidade oral. Ela relata“A incorreta higienização bucal pode ocasionar doenças bucais que podem originar ou agravar outras doenças. Um bom exemplo é a doença CÁRIE que atinge em torno de 56% da população brasileira, tem progressão lenta a média e destroem os tecidos dentais levando à dor e a perda de função, sua origem está diretamente relacionada com o consumo de alimentos açucarados e a higienização bucal inadequada. É de extrema importância realizar ações de educação e prevenção, incentivando os cidadãos desde criança a desenvolver e a manter hábitos saudáveis;orientações de alimentação saudável, manutenção de escovação adequada após cada refeição principalmente à noite antes de dormir e o uso correto do fio dental são essenciais para que todos estejam em dia com a saúde bucal.”.

Sendo assim, a dentista da UBS expõeque a realização de ações coletivas preventivas realizadas nas escolas, APAE, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos bem como as ações realizadas dentro do consultório permite orientar as crianças, incentivar a mudança de hábito, tirar dúvidas frequentes, realizar a escovação supervisionada e aplicação tópica de flúor.  Segundo o secretário de saúde Ladimir Pilatti, além disso, a profissional incentiva às crianças a levar as informações para a família considerando que, muitos pais não tiveram as orientações necessárias quando pequenos. “Dessa forma conseguimos envolver a família em busca de um objetivo comum, prevenir doenças bucais e seus agravos” disse Aline. Por fim, destacamos a importância da visita ao dentista a cada seis meses para realizar o acompanhamento e, se necessário, tratar doenças em estágios iniciais através de procedimentos conservadores, buscando uma boa saúde bucal e conscientizaçãodos pacientes e seus familiares.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar